VAI UM CAFÉ?
Hoje em dia o consumo de café é considerado um hábito saudável uma vez que este é constituído por diversos compostos, tais como minerais, vitaminas, constituintes fenólicos e alcalóides, benéficos para a saúde. 

Contudo, é importante salientar que o consumo excessivo de café poderá ter um efeito negativo, nomeadamente no aumento dos níveis de pressão arterial, fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Deve então ter-se em atenção a quantidade de café ingerida, principalmente em crianças e adolescentes, para que o limite não seja ultrapassado. Convém relembrar que as bebidas energéticas, refrigerantes de cola, entre outras bebidas, apresentam também na sua constituição níveis significativos de cafeína. 

O café, quando consumido de forma moderada (3-4 cafés por dias), poderá trazer inúmeros benefícios. Na saúde, o seu consumo tem sido associado à prevenção de doenças crónicas, tais como diabetes tipo 2 e Parkinson. Para além disso, o café apresenta ainda a capacidade de aumentar o estado de alerta e a velocidade de processamento de informação, que se traduz numa melhoria da performance laboral e do bem-estar. Daí ser indispensável para muitas pessoas, tomar um café logo pela manhã.

Se ao consumo moderado de café estão inerentes benefícios, o mesmo não se pode afirmar dos pacotes de açúcar que podem acompanhar o mesmo. Como tal, o ideal é sem dúvida desfrutar do real sabor do café sem a adição de qualquer açúcar.  

Rui Beijoco
Nutricionista